Número total de visualizações de página

quarta-feira, dezembro 22, 2010

FLORISA DIAS É A VENCEDORA DO PRÉMIO RAIA DIPLOMÁTICA 2010




O presente ano foi muito complicado para o projecto Raia Diplomática, que fazendo uma comparação com o estado de saúde de um paciente esteve praticamente todo este tempo em "estado de coma".

Para permanecer em "vida" foi criada a nossa página no facebook em ligação com o nosso blogue.

Desde já quero agradecer a ajuda de todos os nossos fãs e amigos que permitiram persistir, e muito possívelmente para a próximo ano vamos sair do "coma", embora as dificuldades vão continuar a ser muitas.

Florisa Dias destacou-se  no espiríto de pertença à Raia Diplomática.

Foi uma militante incansável a promover e a divulgar a página da Raia Diplomática no Facebook, convidando amigos, acompanhando de perto a nossa actividade através dos seus comentários e partilhando a nossa informação, de forma voluntária e descomprometida.

O Prémio Raia Diplomática 2010 é um reconhecimento mais do que justo à Florisa Dias, que será entregue em data a anunciar posteriormente, em Lisboa, a quando do lançamento oficial do website da Raia Diplomática.

Maria Florisa Ferraz Dias Candeias, nasceu no dia 14 de Agosto de 1946 em Torres vedras.

Artista e voluntária que transmite a sua visão "naif " ao mundo.

Mariazinha, Flor, Isa ou Florisa é como lhe chamam. É uma pessoa que se expressa numa linguagem espontânea sendo considerada pelos amigos uma mulher extremamente simples e criativa. Faz questão de referir que queria ter tido irmãos para brincar e partilhar a sua infância, mas como não foi possível, é com grande orgulho que diz ser mãe de cinco filhos.

Podemos chamá-la de artista autoditata que desde nova começou a pintar as paredes de casa da sua saudosa mãe. A pouco e pouco com tantas pinturas, já não havia espaço nas paredes mudou-se para o jardim desenhando as flores em papel.

Mais tarde, apesar de não ter tido formação no campo das artes, começou a pintar em porcelana, em telas, em tecidos, dando cor não só a objectos mas também às pessoas que a rodeavam e que desejavam aprender a pintar. Tem uma colecção de peças únicas da sua autoria que gosta de espalhar pela casa da familia e dos amigos.

Dada a sua capacidade de comunicação, proveniente da veia artística é também voluntária, dedicando-se a ajudar o próximo, acreditando desde sempre, como ela própia diz que "só a amizade é capaz de unir os Seres Humanos".









2 comentários:

m disse...

Parabéns à Raia Diplomática e também à Isa (Florisa). É um prémio merecido pela permanente divulgação,
Madalena Canas

Anónimo disse...

Eu sou uma das privilegiadas amigas de Isa; por vários motivos, mas sobretudo, por a ter conhecido e ter a sua presença na minha vida. Merece certamente qualquer reconhecimento, como este prémio. Parabéns à Isa; Parabéns à Raia Diplomática.
Elizabete Ferreira