Número total de visualizações de página

segunda-feira, fevereiro 21, 2011

COMUNIDADES ÉTNICAS DE NEW JERSEY



A diversidade cultural em Nova Jersey, EUA, pode ser encontrada através das variadas comunidades étnicas da cidade. Quem quer que visite este Estado poderá comer, fazer compras e experienciar os seus diversos costumes.

Como ponto de partida, comece por visitar a comunidade portuguesa em Nova Jersey (em Newark e que e a cidade), os Judeus, em Teaneck e os Indianos, em Iseln (Iselin), exemplos reais do tesouro do estado. A rua do Ferry (também conhecida pela Avenida de Portugal) na Ironbound de Nova Jersey (Newark), é o coração do comércio e vida portuguesa.

Os restaurantes, cobertos de Terracota, e as calçadas que englobam esta avenida realçam o romantismo e a relaxante réplica, própria dos países mediterrâneos da Europa. Ironbound é, sem dúvida, o sítio ideal para comer bem, e pagar uma “pechincha”.

A casa Ibérica (O Ibéria) e a Mediterrânica (e o Mediterranean Manor) são dos mais famosos e mais frequentados restaurantes da cidade, visitados pelos turistas. Mas o preferido é, sem dúvida, o restaurante Português, de cozinha tradicional de uma hospitalidade única, o restaurante Sol Mar, situado entre a rua do Ferry e Niagara.

Provavelmente, o restaurante mais português da cidade, decorado com os tradicionais mosaicos de azul e branco, uma mistura de “tasca” e taberna, numa versão mais formal e requintada, é a Vila Nova do Sol Mar. “Ao manter o que é tradicional, acredito estar a fazer um bom trabalho. A melhor forma de confeccionar os melhores pratos é fazê-lo à moda antiga,” diz António Nobre, proprietário do restaurante há 13 anos. Vila Nova, com um design de café esplanada (mas no interior), é iluminada pelas luzes da rua alinhadas ao longo do pavimento de carvão, inspirados em Lisboa. Os pratos de bacalhau são proeminentes no menu.

Visite também a fabrica Teixeira e a loja de panificação, na rua Kossouth, escolha entre os cobiçados copos com creme (pastel de nata) ou as sanduíches no famoso pão português e o aromático café expresso, tão conhecido por “bica”. Uma paragem no A&J Seabra (‘s) supermercado na rua Lafayette poderá encontrar os ingredientes necessários para recriar um menu oferecido pela casa Ibérica, como o bacalhau seco e salgado, bem como especiarias.
Iselin: Uma pequena Índia, no coração de Nova Jersey

Tal como na cena de “ A Cidade da Alegria”, também a faixa de ocupado da Rua Oaktree, partilhada por Iselin e Edison, evoca uma movimentada Calcutá. Os aromas das especiarias enchem o ar, colorido em torno das mulheres que organizadamente alegram as ruas. Não é de admirar que lhe chamem “ a pequena Índia”.

 “Aqui pode encontrar tudo e mais alguma coisa, relacionada com a comunidade indiana”, disse Rahul walia, director executivo da Touchdown Media, uma empresa multicultural de publicidade e relações públicas, e ex-presidente na Ásia-Câmara de comércio indiano. As primeiras vagas de imigrantes oriundos da Índia, a chegarem à América, eram médicos e engenheiros que se mudaram para Jackson Heights, Nova York, na década de 60 e 70. Só mais tarde chegaram outras etnias, trazendo um espírito maior de comunidade. São estes que se mudam para Nova Jersey, onde ainda existe uma grande comunidade indiana. Durante o “boom” da informação e da tecnologia os indianos passaram a instalar-se em grande escala nos subúrbios da cidade, como em Iselin.

A área é também abrigo para imigrantes vindos do Paquistão, Bangladesh e do Siri-Lanca. A comida oferecida pelo restaurante Oaktree Road é influenciada por diversas regiões da Índia. A culinária da região do norte da índia é fortemente influenciada pela galinha cozida e pelos pratos de arroz Hindu, por sua vez as regiões do sul do país baseiam-se mais em pratos vegetarianos, arroz e iguarias como a Dosa, Idli, Vada e Sambahar.

A “Galáxia” um templo interior de degustação, oferece uma amostra de alimentos de sabores exóticos e deliciosos.

As escolhas podem ser muito refrescantes, como é o caso do Jante Zim, recém espremido caldo de cana com gengibre e limão.

 “ É um óptimo sítio para as pessoas virem experimentar novos sabores. Não é caro e as pessoas acabam sempre por vir e encontrar um espaço muito agradável e aconchegante”, disse Judith Krall-Russo de Edison, cliente habituada a comprar chás e tecidos no Oacktree Road.

O proprietário do Dimple’s Khasiyat, situado na avenida do Middlesex, refere que a sua comida é a “cozinha da cidade”, sugerindo um menu com hambúrgueres vegetarianos, moldados em batata “patty”, condimentadas com cebolas, algumas especiarias e caju.

A sobremesa é obrigatória. O “bengali doce da casa” com 35 sabores sortidos de doces artesanais com leite (khoya), uma flor branca (galebi) e suavemente mergulhados num delicioso caramelo quente.

A secreta beleza da rua Oaktree é infinita. (isto faze parte dos Indianos também, não imtendo a separacao.)

O salão de beleza Paayal, onde as mulheres indianas depilam as sobrancelhas usando um método ancestral de roscar, preenche também a rua. Baku Patel explica que o método 2 é mais preciso, menos doloroso e que não causa danos à pele”.

Não se esqueça de fazer uma visita ao supermercado de iguarias tradicionais, revistas e lembranças ao Subzi Mandi…antes de deixar esta cidade feita de comunidades exóticas.

Sónia Nolasco, Jornalista

Sem comentários: